Escola Infantil Florescer - Berçário e Educação Infantil

Nossa História

Muito antes de florescer o sonho de uma escola inovadora, outro sonho floresceu há 25 anos. O terreno onde hoje é a nossa escola, pertencia a uma família que sonhava em construir uma chácara cercada pela natureza. Pouco a pouco foram construindo a casa, a área de lazer e após alguns anos, a piscina.

Conforme as necessidades da família foram se modificando, as crianças cresceram e os sonhos mudaram. Surgiu então o desejo de vender a chácara, para transformar o lugar em um sonho para outra pessoa.

Foi quando em 2018 uma psicóloga, com o olhar voltado às questões da sustentabilidade e que desejava criar uma escola inovadora, se encantou com esse lugar e ressignificando os espaços fez florescer a escola em seu formato atual.

Em 2019 iniciou-se o processo de construção. Desde o princípio, foi feito o máximo de reaproveitamento dos espaços e materiais da construção existentes na antiga casa. A antiga piscina de 60 mil litros se tornou uma cisterna para captação de água da chuva, que será 100% reutilizada na escola, e em cima dessa piscina, foi construído o refeitório, que também será utilizado para aulas diversificadas, apresentações e espaços de reuniões.

A casa antiga, teve toda sua estrutura reaproveitada, e hoje abriga as salas de administração, dos professores, multiuso, além do lactário, fraldário e berçários. Já as áreas de interação e lazer foram ressignificadas, recebendo as salas de aula, parquinho, cozinha, área de serviço, um lindo jardim sensorial, horta e pomar.

As madeiras do antigo telhado se transformaram nos bancos do corredor e da compostagem, as tubulações do encanamento viraram objetos de recreação e o restante dos materiais não aproveitados pela escola, foram doados para construção de três casas populares na região de Piracicaba.

Com a proposta da “pedagogia ecossistêmica”, que utiliza o meio para educar as crianças e conscientizá-las sobre a importância do meio ambiente e sua preservação, bem como a reutilização de materiais reciclados para proporcionar tanto para as crianças, como para as famílias, uma “vida mais verde”.